Nova pagina 1

 Sergipe
    


 
Política

 Cidade - Cotidiano

 Segurança Pública

 Esportes Sergipe

 Concursos

 
Baladas - Diversão

 Cultura e Arte

 
Artigos e Entrevistas

 Sergipe pelo Brasil

 
Turismo - Sergipe

 Envie um cartão postal

 Sergipe em imagens

 Conheça Sergipe

 Dados Geo-Econômicos

 Brasil / Mundo

 Política

 País

 Concursos

 Educação

 Placar On Line

 Esportes

 Olimíadas

 Turismo no Brasil

 Mundo

 
Cadernos

 ClickSe - Rapidinhas

 
Vestibular - Enem


 
Transposição


 
Artigos e Entrevistas

 
Tecnologia-Informática

 
Notícias Jurídicas

 Ciência e Saúde

 
Meio Ambiente

 Cultura e Arte

 
Mundo Artístico

 Estilo - Moda

 
Bichos e Cia

 
Veículos

 Interatividade 

 Chat

 Contato

 Blogs e Sites

 Fale Conosco

 Links Úteis

 Mídia de Sergipe

 Newsletter

 Opiniões e Cartas

 Envie Imagens

 Ver Comentários

 Você Repórter

 Widgets

   


 ClickSergipe Informa 

 Cotação do Dolar

 
Loterias

 Lista Telefônica

 Vôos On Line

 Tirar Passaporte

 Fuso Horário

 Resumo de Novelas

 Horóscopo

 Sites + Procurados

 Cálculo Exato

 Preço de Remédios

 Olho no Dinheiro

 Mapa Google Sergipe


 Esportes 

 Esportes em Sergipe

 Esportes Brasil

 Eliminatórias da Copa

 Brasileirão -  Série A

 Brasileirãó - Série B

 Brasileirão - Série C

 Brasileirão -  Série D

 Vôlei

 Fórmula 1

 Liga dos Campeões

 Basquete

 Esportes Aquáticos

 Esportes Radicais

 Olimpíadas


    

 

 


Visite vários pontos turísticos de Sergipe Quando voltar, me conta como foi!!!

 


Aracaju,
 
comente    -    veja comentários


Acervos pessoais chegam ao Arquivo Nacional

15/11/2009

Jornalista doou documento com mais de 1.100 páginas, com carimbo de "secreto" do Exército

O Arquivo Nacional, sediado no Rio, comemora o recebimento, após campanha na TV entre setembro e novembro, de dois acervos pessoais de documentos sobre o regime militar para o projeto Memórias Reveladas, que tem como objetivo recontar a história da repressão do período. O material, que inclui documentos e fotografias, além de memórias de militantes, pertencia à jornalista Taís Morais, que escreveu o livro Operação Araguaia (Geração Editorial), em parceria com o também jornalista Eumano Silva, sobre a Guerrilha do Araguaia, e ao escritor e pesquisador Romualdo Campos Filho. Além disso, está sendo aguardado um diário feito por um militar do Exército que participou do combate à Guerrilha do Araguaia (1972-1975) e já informou ao arquivo que o doará.

Antes da campanha, o portal do Memórias (www.memoriasreveladas.gov.br) recebia uma média de 2 mil acessos mensais, hoje são 20 mil. Também aumentou de 20 para 52 o número de arquivos e entidades parceiras, que disponibilizam material para pesquisadores e o público em geral. "Doei o material ao Arquivo porque queria que todas as pessoas, pesquisadores ou não, tivessem acesso ao material", afirmou Taís. Os documentos, de acordo com a jornalista, têm o carimbo de "secreto" do Exército e referem-se a várias operações militares dos anos de chumbo, principalmente entre 1970 e 1973, entre as quais a chacina da Lapa, em São Paulo, na qual dirigentes do PC do B, partido no qual militavam os guerrilheiros do Araguaia, foram mortos pela repressão.

São um total de 1.167 cópias de folhas de papel datilografadas. Os originais ela havia doado à Comissão de Direitos Humanos da Câmara, mas o material não fica à disposição. "Ainda bem que fiz uma cópia, para poder doá-lo ao Memórias. Parece que eu estava adivinhando que esse material ainda poderia ser útil ", comentou.

"Agora, aguardamos ansiosamente o diário do ex-militar, que já disse que o encaminhará em breve", afirmou o assistente de coordenação do Memórias Reveladas no Arquivo Nacional, Vicente Rodrigues. A ampliação da rede de arquivos que integram o Memórias Reveladas, de acordo com ele, foi a principal conquista da exposição pública proporcionada pela campanha na TV do projeto. "Com a ampliação da rede, o interessado que acessar o site poderá ter acesso a um acervo muito maior", justificou. Os principais arquivos estaduais do País e até o da Brown University, dos EUA, integram a rede.

Recentemente, embora não tenha relação direta com a campanha, foram recebidos quase 600 bilhetes escritos por Getúlio Vargas para seu assessor direto Lourival Fontes, que dirigiu o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP). O material foi entregue pelo médico Francisco Baptista, que é filho de Lourival Baptista, ex-governador de Sergipe e amigo pessoal de Fontes, que guardava os documentos havia 40 anos.

Hoje com 94 anos, o ex-governador pediu a sua família que doasse o acervo. Em um dos bilhetes, com o timbre da Presidência da República, Vargas pedia para que Fontes avisasse ao então governador de São Paulo, Ademar de Barros, que já havia conversado com o PTB para ajudar na aprovação de suas contas de governo. "Foi uma decisão conjunta da família doar o material. Achamos que ele não nos pertencia, mas à história do Brasil", afirmou Baptista.

Moacir Assunção
O Estado de São Paulo

Coloque esta notícia no seu Twitter:

Comentários
 
comentar  -  imprimir  -  enviar  -  receber  - seguir no twitter - voltar

 

 

000232

Nova pagina 1

 
    


Jovem Pan