Nova pagina 1

 Sergipe
    


 
Política

 Cidade - Cotidiano

 Segurança Pública

 Esportes Sergipe

 Concursos

 
Baladas - Diversão

 Cultura e Arte

 
Artigos e Entrevistas

 Sergipe pelo Brasil

 
Turismo - Sergipe

 Envie um cartão postal

 Sergipe em imagens

 Conheça Sergipe

 Dados Geo-Econômicos

 Brasil / Mundo

 Política

 País

 Concursos

 Educação

 Placar On Line

 Esportes

 Olimíadas

 Turismo no Brasil

 Mundo

 
Cadernos

 ClickSe - Rapidinhas

 
Vestibular - Enem


 
Transposição


 
Artigos e Entrevistas

 
Tecnologia-Informática

 
Notícias Jurídicas

 Ciência e Saúde

 
Meio Ambiente

 Cultura e Arte

 
Mundo Artístico

 Estilo - Moda

 
Bichos e Cia

 
Veículos

 Interatividade 

 Chat

 Contato

 Blogs e Sites

 Fale Conosco

 Links Úteis

 Mídia de Sergipe

 Newsletter

 Opiniões e Cartas

 Envie Imagens

 Ver Comentários

 Você Repórter

 Widgets

   


 ClickSergipe Informa 

 Cotação do Dolar

 
Loterias

 Lista Telefônica

 Vôos On Line

 Tirar Passaporte

 Fuso Horário

 Resumo de Novelas

 Horóscopo

 Sites + Procurados

 Cálculo Exato

 Preço de Remédios

 Olho no Dinheiro

 Mapa Google Sergipe


 Esportes 

 Esportes em Sergipe

 Esportes Brasil

 Eliminatórias da Copa

 Brasileirão -  Série A

 Brasileirãó - Série B

 Brasileirão - Série C

 Brasileirão -  Série D

 Vôlei

 Fórmula 1

 Liga dos Campeões

 Basquete

 Esportes Aquáticos

 Esportes Radicais

 Olimpíadas


    

 

 


Visite vários pontos turísticos de Sergipe Quando voltar, me conta como foi!!!

 


Aracaju,
 
comente    -    veja comentários


Previna-se contra a proliferação de caramujos

13/11/2009

Período chuvoso e aumento da umidade do solo proporcionam proliferação do molusco

A população deve ficar alerta sobre os riscos de proliferação dos caramujos. Através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a PMA orienta algumas comunidades de Aracaju a se prevenir, pois é nesta época do ano, devido às chuvas e ao aumento da umidade do solo, que o ambiente urbano fica mais propício à infestação dos moluscos. Os bairros Santos Dumont, Santa Maria, Aruana, Bairro Industrial e Olaria são algumas das localidades onde o molusco aparece com mais frequência.

De acordo com a coordenadora do CCZ, Gina Blinoff, as equipes visitam residências, praças e terrenos baldios, mas o trabalho é diferenciado em cada um desses locais. Nos espaços públicos, a atuação da CCZ é de identificação. O recolhimento é feito pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb).

"Nas praças, orientamos a população a fazer o recolhimento do animal, após verificarmos o tipo de caramujo e alertarmos sobre os cuidados que devem ser adotados. Em residências, o molusco pode ser coletado manualmente, mas é preciso proteger as mãos com luvas ou saco plástico para evitar o contato com a pele", orienta Gina Blinoff.

Após o recolhimento, a coordenadora do CCZ explica os procedimentos a serem adotados. "O ideal é colocar o caramujo em um depósito onde possa ser incinerado, como latas ou tonéis. Em seguida, é bom martelar o casco, porque a umidade nem sempre deixa o fogo chegar na lesma. Além disso, a concha pode servir de depósito para as larvas do mosquito da dengue. Depois, é recomendável colocar cal no casco e enterrar", explica Blinoff.

Espécies

A espécies mais comuns são o caramujo africano (Achatina fulica), que serve de hospedeiro para alguns vermes ainda em estudo científico e que hospeda o verme Schistosoma mansoni, responsável por transmitir a esquistossomose. No entanto, Gina ressalta que o mais perigoso deles não foi identificado em Aracaju.

"De todos os caramujos que localizamos nessa época, não encontramos nenhum caramujo africano. Apenas o que serve de hospedeiro para o Schistosoma mansoni e outro tipo que não apresenta risco de contaminação", explica a coordenadora do CCZ.

Cuidados

Para evitar parasitoses como a esquistossomose, transmitida pelo Schistossoma mansoni, a população deve tomar algumas precauções. Além dos cuidados em quintais com solo excessivamente úmido, e do correto procedimento para coleta e extermínio de caramujos, a população também deve prestar atenção em rios e lagos.

Caso haja presença de caramujos, a orientação é evitar entrar em contato com a água desses locais. Para denunciar o aparecimento de moluscos, basta entrar em contato com o CCZ através do telefone: (79) 3179-3528.

Fonte: SN1

Coloque esta notícia no seu Twitter:

Comentários
 
comentar  -  imprimir  -  enviar  -  receber  - seguir no twitter - voltar

 

 

00056

Nova pagina 1

 
    


Jovem Pan